fbpx

Na última semana, o WhatsApp anunciou uma nova funcionalidade que deve gerar grandes impactos no nosso mercado, especialmente para os pequenos empresários.

Agora é possível enviar e receber pagamentos diretamente pelo aplicativo.

O Brasil, que atualmente conta com mais de 120 milhões de usuários, foi escolhido como o primeiro país no mundo para ser testado o novo sistema de pagamentos que será liberado gradualmente nos próximos dias a todas as contas.

Em comunicado oficial feito por Mark Zuckerberg, CEO das empresas Facebook que inclui o WhatsApp, o objetivo é que ‘‘enviar e receber dinheiro seja tão simples quanto enviar fotos’’.

A novidade chega para sacudir o mercado de pagamentos online até então dominado por empresas como a PagSeguro e a Paypal.

Do ponto de vista do marketing digital, a liberação de pagamentos pelo WhatsApp faz com que o aplicativo se torne uma ferramenta com maior potencial de marketing e deixe de ser exclusivo para comunicação pessoal.

De acordo com o estrategista em Marketing Digital, Estevão Soares, o WhatsApp é somente o primeiro passo. A integração com o Facebook Pay, onde o serviço de transferência será realizado, significa que em um futuro próximo teremos integrações e venda nativa utilizando Instagram e Messenger, como já acontece em outros países.

Quando o assunto é novidades anunciadas pelo Zuckerberg, quem utiliza dos produtos dele para promover seu próprio negócio ou o de outras pessoas, deve ficar por dentro para tirar o melhor proveito possível das novas funcionalidades.

A seguir, traremos todos os impactos que os pagamentos via WhatsApp podem gerar no seu negócio.

O mercado de pagamentos online

Nos últimos 5 anos, vimos o mercado de meios de pagamentos crescer e facilitar a vida dos pequenos negócios, especialmente com a popularização das chamadas maquininhas de cartão.

A PagSeguro foi a grande vanguardista deste mercado no Brasil, olhando especificamente para os microempreendedores, que até então não recebiam condições compatíveis dos grandes bancos e das operadoras de cartão.

Novas marcas entraram na jogada para competir no mercado de pagamentos online e por último, estamos protagonizando a ascensão do WhatsApp nesse segmento.

Pessoas físicas, pequenos empresários e comerciantes agora contam com mais um recurso para vender, fidelizar e reter clientes, tudo isso em um contexto de crise gerado pela pandemia do novo coronavírus e que tantas empresas passaram a vender online.

Como irá funcionar o novo recurso do Whatsapp para pagamentos

Em 2019, foi lançado o Facebook Pay, sistema que facilita o envio e recebimento de pagamentos em todas as redes sociais e aplicativos da empresa Facebook, incluindo agora o WhatsApp.

Os usuários podem usar o Facebook Pay para compras em jogos, aquisição de ingressos, arrecadação de fundos – as chamadas as “vaquinhas” virtuais – e envio de dinheiro para amigos.

O novo sistema permite adicionar um método de pagamento e utilizá-lo para fazer compras e outras transações nos aplicativos do Facebook, tanto para Android como para iPhone (iOS), sem precisar repetir as informações de cobrança.

A autora do livro Facebook Marketing: Como gerar negócios na maior rede social do mundo, Camila Porto, descreveu o passo a passo para os usuários enviar e receber dinheiro pelo WhatsApp:

  • No mesmo menu de envio de imagens, no aplicativo, haverá uma função chamada Pagamento. Quando o usuário clicar nela, o aplicativo vai pedir um valor e redirecionar para a criação de uma conta.
  • Será preciso aceitar os termos de uso da plataforma e criar uma senha de 6 dígitos. Depois, o usuário vai precisar incluir nome, CPF e um cartão emitido por um dos bancos participantes.
  • Será preciso verificar o cartão junto ao banco e receber um código por SMS, e-mail ou aplicativo do banco.
  • De acordo com o WhatsApp, será preciso incluir a senha (ou reconhecimento biométrico do celular) toda vez que o usuário for enviar dinheiro. As informações do cartão serão encriptadas.
  • Com o cadastro feito, será gerada uma conta na Cielo e a empresa intermediará todos os pagamentos.

Após o envio e confirmação de alguns dados, em torno de 3 dias vem a aprovação e liberação da conta para que as vendas comecem.

Para envio de dinheiro pessoal não terá taxa de transação, apenas para envio de dinheiro para negócios, como resumido abaixo:

Contas pessoais (pessoa física enviando para pessoa física)

*Limite de R$ 1.000,00 por transação;

*Limite de R$ 5.000,00 por mês;

*Limite de 20 transações por dia;

*Sem taxa de pagamento.

Contas comerciais (Via WhatsApp Business)

*Sem limite de recebimento de pagamentos;

*Taxa de transação de 3,99%.

A lógica dos pagamentos pelo WhatsApp será a mesma da internet, dos e-commerces e das maquininhas de cartão: o vendedor precisará pagar uma taxa a cada pagamento recebido, nesse caso de 3,99%.

O novo recurso, que por si só já é competitivo, também oferecerá uma das menores taxas de transação dentro deste mercado.

Os pagamentos para contas comerciais poderão ser feitos tanto com cartão de crédito ou débito. Para contas pessoais, apenas o débito, por enquanto.

Inicialmente, o recurso está disponível para cartões de débito Visa e Mastercard, dos bancos Banco do Brasil, Nubank e Sicredi, com transferência intermediada pela Cielo, que será responsável por depositar o saldo na conta bancária cadastrada no Facebook Pay.

As oportunidades trazidas para os pequenos negócios

Muitas marcas começam a criar presença digital no Facebook e no Instagram e usam o WhatsApp para intermediar pagamentos e negociações.

O Facebook e a Cielo perceberam essa movimentação e viabilizaram a possibilidade de fazer compras e receber pagamentos por meio do aplicativo de mensagens.

Em análise feita pelas especialistas do Efeito Orna, a novidade foi pensada, especialmente, para as pequenas empresas com o intuito de facilitar as transações entre os clientes e foi vista como um ‘‘divisor de águas’’ que possibilitará que a venda aconteça, de fato, pelo WhatsApp, sem que seja preciso enviar uma conta para transferência ou direcionar o usuário para um link externo.

O cliente não irá precisar digitar os dados do cartão em um link porque já estará cadastrado, precisando apenas apertar o botão de pagar, gerando um impacto na desintermediação, como apontado por Mauricio Zane, fundador da Nova Escola de Marketing.

Uma vez feita uma compra com o cartão já cadastrado fica muito mais fácil realizar outras compras e pagamentos através da ferramenta.

No dia da divulgação da novidade, um dos principais pontos destacados por quem falou sobre o assunto foi referente a agilidade e a criação de relacionamento no mesmo ambiente onde se faz o pedido e o pagamento, além da questão da segurança: não precisa ir pra fora, ir pra outro link, pra outro lugar.

‘‘Falando de Whatsapp, o recurso de enviar e receber dinheiro contribui em uma escala exponencial para pequenos negócios. Um dos principais benefícios é a redução da fricção. Sem fricção, as compras fluem. Praticamente qualquer pessoa, independente da idade, sabe como enviar imagens no Whatsapp. Tornar o envio/recebimento de pagamentos tão fácil quanto enviar uma imagem, vai popularizar a troca, otimizar a distribuição de renda, e uma série de outros fatores’’, apontou Estevão Soares, em seu perfil no Instagram.

A importância da captação de contatos para o sucesso do seu negócio

A nova funcionalidade do aplicativo de mensagens WhatsApp não resolve todos os problemas de vendas de uma empresa.

Os pequenos negócios precisarão seguir investindo em estratégias de atração de clientes e trabalhando seus funis de vendas para, depois, fidelizá-los através do novo recurso existente no aplicativo.

Fica cada vez mais evidente a importância de captar o contato daqueles que demonstram interesse no seu produto ou serviço, através de ferramentas que entregam as informações que você precisa saber sobre eles. O WhatsApp está mostrando isso agora, mas a pandemia já havia provado antes.

‘‘Essa pandemia ela veio pra dar essa lição pros comerciantes que você precisa ter o cadastro dos clientes. Na hora que eles pararam de entrar pela porta ou na hora que a porta teve que ser fechada obrigatoriamente acho que ficou muito claro que se você não tem o cadastro dos seus clientes pra passar um telefone, um whatsapp, pra fazer alguma coisa, pra conseguir fazer uma venda doeu demais’’, de acordo com Zane.

Se você ainda não sabe como obter o contato dos seus clientes para nutrir um relacionamento que os levem a comprar de você, saiba que nós podemos te ajudar.

A Easy Auth é especializada em softwares de gerenciamento da rede Wi-Fi e torna o Wi-Fi do seu estabelecimento a porta de entrada para grandes resultados.

Com a Easy Auth você tem:

  • Atração e captação de contatos;
  • Gerenciamento de informações;
  • Coleta e análise de dados para tornar suas ações mais efetivas;
  • Wi-Fi com segurança e qualidade;
  • Wi-Fi prático e sem senha;
  • Conformidade com a LGPD;
  • Visibilidade para o seu negócio;
  • Domínio sobre seu público alvo;
  • Ferramenta completa de comunicação e marketing;
  • Feedback do seu serviço.

Potencialize hoje mesmo suas vendas e encante seus clientes com a Easy.


0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *