fbpx

Vamos nos colocarmos no papel de consumidores e imaginarmos que estamos chegando em um restaurante.

Escolhemos uma mesa, nos acomodamos e qual a nossa próxima atitude?

Antes mesmo de pensarmos no que iremos comer queremos saber qual é a senha do Wi-Fi. Essa pergunta vem antes mesmo de ‘‘O cardápio, por favor!’’.

E se o sinal for aberto e free, melhor ainda, principalmente porque o WI-Fi tem sido muito mais estável e veloz quando bem implementado.

Somos seres extremamente conectados e queremos permanecer dessa forma também nos lugares que frequentamos, ao lado dos amigos e da família.

Estabelecimentos que oferecem essa comodidade de maneira gratuita e segura, não apenas estão garantindo o conforto de seus clientes e os deixando satisfeitos, mas também estão ganhando inúmeros benefícios, como o aumento no fluxo de pessoas e criando um vínculo com os potenciais consumidores.

Todas essas vantagens, porém, só irão trazer retorno para o seu negócio se você contar com um sistema de autenticação dos seus visitantes e parar hoje mesmo de oferecer Wi-Fi com senha na sua empresa.

Neste guia prático de como melhorar o Wi-Fi do seu estabelecimento iremos apontar o que você não deve fazer ao fornecer Wi-Fi e também as melhores práticas para ter esse recurso como um aliado na divulgação do seu negócio.

Por que oferecer Wi-Fi sem senha para seus clientes?

Uma rede Wi-Fi com senha piora a experiência do seu visitante, que precisa ficar sempre perguntando ‘‘Qual é a senha?’’ e também pode se tornar cansativa para você ou para seus funcionários que precisam ficar repetindo a mesma informação diversas vezes.

Por outro lado, disponibilizá-la em cartazes ou em cima de mesas deixa sua rede exposta e compromete a segurança da mesma.

Para solucionar essas questões e ainda ganhar uma ferramenta que coleta e analisa os dados dos seus visitantes e impacta na ascensão do seu negócio o melhor caminho é fornecer uma conexão aberta e gratuita com o acesso liberado via login.

Com a instalação de um sistema de hostpot você garante a efetividade de dois principais fatores dentro da sua empresa.

O primeiro deles é a segurança.

A partir do momento que você fornece internet a terceiros, mesmo que de forma gratuita, pelos olhos da lei você é visto como um prestador de serviços e, portanto, deve obedecer a legislação que regulamenta tal atividade.

De acordo com o Marco Civil da Internet você é responsável pela conexão que libera e por qualquer crime que venha a ser cometido nela.

Para acatar as condições impostas pela lei e assegurar que você não seja responsabilizado por atos que não cometeu, é necessário que os usuários sejam identificados por meio de um cadastro prévio que lhe concederá a liberação do acesso à internet.

A solução existente direcionada para empresas que querem agregar valor aos serviços prestados através do fornecimento de internet para o público e ao mesmo tempo estarem em conformidade com a legislação se chama hotspot.

O segundo fator que torna-se cada vez mais efetivo e que tem como ponto de partida a rede Wi-Fi é o marketing do seu negócio.

Além de oferecer internet para clientes de forma mais segura e com qualidade na conexão, você também adquiri uma ferramenta de marketing e de divulgação que atrai e fideliza seus clientes.

O cadastro dos visitantes que você precisa coletar (devido a lei) de quem acessa sua rede forma um poderoso banco de dados que pode ser usado para traçar o perfil do seu cliente ideal e guiar as estratégias de marketing e vendas do seu negócio.

Você também se comunica com todos eles em tempo real, ou seja, no momento que eles estão no seu estabelecimento, ao configurar o aparecimento de anúncios e propagandas interativas antes e depois de conectados.

E para encantá-los ainda mais você pode planejar campanhas que os atraiam novamente para seu estabelecimento, segmentando anúncios e postagens nas redes sociais de acordo as informações fornecidas por eles no momento da conexão.

O que você não deve fazer ao fornecer Wi-Fi

1) Nunca forneça ao cliente o mesmo sinal Wi-Fi que você utiliza para serviços internos da empresa, como para sistemas de gestão e máquinas de cartão. Isso pode ser considerado uma falha de segurança e por isso sempre orientamos a criação de uma rede separada. Dessa forma é possível isolar o acesso dos clientes do acesso interno da empresa.

2) Evite roteadores sem fio residenciais e opte sempre por roteadores corporativos. Esses últimos suportam mais usuários conectados simultaneamente, possuem potência e alcance de sinal maiores, além de permitirem a criação de mais de uma rede: uma exclusiva para seus clientes e outra para você e seus funcionários.

3) Jamais utilize senhas complexas. Isso vai trazer ainda mais trabalho para você e seus colaboradores.

4) Não compartilhe a mesma internet com estabelecimentos ou casas vizinhas ou anexas. Compartilhando, você não conseguirá garantir qualidade no sinal fornecido.

Melhores práticas para melhorar a qualidade do Wi-Fi oferecido

1) Contrate um plano de internet que seja ideal para seu estabelecimento. Consulte o seu Provedor de Internet, ele saberá indicar.

2) Existe hoje uma infinidade de roteadores corporativos, estes que podem ser criados mais de um sinal Wi-Fi no mesmo equipamento. Procure sempre por estes roteadores. Em sua maioria suportam entre 60 e 120 clientes, simultaneamente.

3) Deixe o seu roteador o mais próximo dos clientes possível. Esconder o roteador nos fundos do estabelecimento não é uma boa prática. Além disso, certifique-se de que ele está posicionado em um lugar correto e em um ponto alto, sem que barreiras possam interferir na distribuição do sinal, como paredes e janelas.

4) Ao invés de senha no Wi-Fi, por que não um simples auto cadastro? A Easy Auth te ajuda a liberar acesso de forma segura e ainda coleta dados que permitem que você conheça melhor o seu cliente.

5) Anuncie as novidades do seu estabelecimento utilizando o Wi-Fi ou a base de contatos coletada por ele. Isso vai garantir mais clientes satisfeitos, maior renda e consequentemente o investimento no Wi-Fi retorna rapidamente.


0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *