fbpx

Impulsionando o sucesso de Pequenas Empresas

Em 27 de junho, celebramos o Dia das Micro, Pequenas e Médias Empresas.

Força motriz da economia nacional, as PMEs contribuem com 27% no PIB brasileiro.

Apesar de todos os desafios que os pequenos negócios enfrentam, eles são responsáveis por 62% dos empregos com carteira assinada no país.

Ou seja, cerca de 50,6 milhões de pessoas têm sua renda ligada às Micro, Pequenas e Médias empresas.

Em 2021, o Brasil registrou recordes na abertura de novos negócios, com as microempresas ficando em 2º lugar nesse ranking.

Para enfatizar ainda mais a importância desses empreendimentos, produzimos uma semana inteira de conteúdos voltados para eles.

Foram dicas diversas exclusivas a esse segmento com o intuito de ajudar a impulsionar ainda mais o crescimento e a força do nosso mercado.

Todas essas dicas estão reunidas neste artigo.

Não pense duas vezes e envie-o para a pessoa empreendedora de pequenas empresas que você conhece e agregue no sucesso do empreendimento dela.

O maior diferencial das Micro, Pequenas e Médias Empresas

Você já parou para pensar como a internet democratizou o uso das ferramentas de comunicação digital, tanto para pequenas como para grandes empresas? 

Não importa quanto você fature anualmente, nem o número de funcionários que emprega: todo empreendedor pode utilizar os meios digitais de comunicação para divulgar seu negócio e vender mais.

Os pequenos negócios, porém, se destacam em um principal quesito.

É consideravelmente mais fácil para as pequenas empresas coletarem dados de comportamento dos usuários para personalizar a experiência deles, através de micro-momentos ou pesquisa.

Diferente das grandes empresas, as micro podem se beneficiar das ferramentas mais simples para coletar e organizar esses dados, além de que a conversa – ou até mesmo uma ligação – é mais viável nesses negócios.

É essa organização que irá permitir acompanhar o cliente e entender exatamente o que ele está buscando.

Desde a preferência por receber ofertas de produtos veganos ou comunicações por e-mail e não pelo Whats, por exemplo, tudo pode ser mapeado de maneira muito mais fácil em pequenos negócios.

Em resumo, tudo gira em torno de traduzir o comportamento das pessoas para poder melhor servi-las a partir do que elas esperam em termos de relacionamento com as marcas.

Esse apontamento foi feito por Estevão Soares, no Podcast The Jam Sessions, da Rock Content.

Nesse contexto, ser uma empresa pequena garante vantagens enormes em termos de personalização do relacionamento com os clientes.

Gastos x Investimentos: entenda esses conceitos e mude o jogo da sua pequena empresa

Na realidade das pequenas empresas, escolhas mal feitas podem custar bem caro ao fluxo do caixa.

Por isso, é fundamental analisar bem para onde esforços e recursos serão destinados para que não se tenham surpresas desagradáveis no decorrer do processo.

Nesse contexto, é preciso saber diferenciar o que será custo e o que será uma despesa.

Além disso, é primordial que os investimentos estejam no radar das empresas, pois são eles os responsáveis diretos por gerar benefícios que melhoram os resultados.

A segunda dica da nossa #SemanadasMicroPequenaseMédiasEmpresas ajuda empreendedores desse segmento a diferenciar esses conceitos e traz exemplos de investimentos que pequenas empresas podem fazer.

Vamos a eles.

Gastos

São todos os desembolsos de dinheiro feitos pela empresa. Portanto, investimentos e despesas também são gastos.

Despesas

São os gastos que a empresa precisa ter para manter sua estrutura funcionando, como aqueles para administração, desenvolvimento de produtos, etc.

Diretamente, eles não contribuem com a produção de novos itens ou serviços, mas influenciam no aumento da receita da empresa.

As despesas são ”um mal necessário”.

Custos

Já os custos são gastos que estão ligados diretamente à produção ou à atividade-fim de uma organização.

São itens essenciais para o funcionamento da empresa, pois são relativos à aquisição ou produção de mercadorias, compra de matéria-prima, mão-de-obra, etc.

Mas o que é um investimento, afinal?

Todo dinheiro que sai da empresa com a expectativa de aumentar os lucros é um investimento. Além de aumentar a receita, os investimentos podem ser feitos também para melhorar a imagem do negócio.

Tenha em mente que o objetivo de um investimento é o de gerar benefícios que melhorem os resultados da empresa, como aumento da produção ou redução de custos e despesas, por meio da ampliação ou modernização dos componentes e processos da empresa.

Fonte: Treasy- Orçamento Empresarial, Planejamento e Controladoria

Exemplos de investimentos que pequenas empresas podem fazer

  • Compra de novas máquinas e equipamentos para aumentar a produção;
  • Cursos para capacitar funcionários e aumentar a produtividade dos negócios;

Melhores canais para pequenas empresas captar clientes online

Diversificar os canais para captar clientes é uma das estratégias mais sustentáveis para pequenos negócios.

Estar presente no máximo possível de canais, entretanto, não é sinônimo de efetividade.

Antes de tudo é preciso considerar os meios pelos quais você terá mais chances de impactar seu público e também o tipo de produto ou solução que a sua empresa comercializa.

E, claro, a disponibilidade de recursos humanos e tecnológicos que o seu negócio dispõe para manter uma presença constante nos canais considerados importantes.

Quando combinados, aumentam as chances dos resultados conquistados serem satisfatórios.

Você pode, por exemplo, anunciar seus produtos em uma Loja Virtual, de sua propriedade ou não, e atrair as pessoas para conhecerem seu espaço físico e, assim, fidelizá-las com estratégias de marketing no Wi-Fi.

Como consequência, você traça a jornada dos seus potenciais clientes com muito clareza e potencializa a força da sua marca.

Assista a esse vídeo e responda: qual dos canais apontados no vídeo você ainda não utiliza?

Cursos online e gratuitos para empreendedores

Não poderíamos falar diretamente com Micro, Pequenas e Médias empresas sem tocar no assunto capacitação de profissionais.

Trouxemos indicações de cursos e certificações para empreendedores e suas equipes se especializarem nas mais diversas áreas.

E o melhor: tudo é online e gratuito. Você pode fazer no seu tempo e de onde estiver.

Cursos Online Sebrae

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) é uma entidade que apoia e fomenta a criação, a expansão e a modernização das micro e pequenas empresas, capacitando-as para cumprir com eficácia o seu papel no processo de desenvolvimento econômico e social.

Em <sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/cursosonline> você encontra mais de 200 cursos onlines e gratuitos que englobam todas as áreas de interesse de um empreendedor, além de e-books, webnars e outros.

Meta for Business: Marketing no Facebook, Instagram, WhatsApp e outros ensinamentos.

Nada melhor do que beber conhecimento direto da fonte, não é mesmo?

O Meta for Business é a central de formações e cursos da Meta, antigo Facebook, e onde você encontrará todas as soluções possíveis para promover sua empresa nas redes sociais da Meta e dominar o marketing nesses canais.

Acesse <facebook.com/business>.

Qual destes você e sua equipe darão o play hoje mesmo?

Potencialize o uso da rede Wi-Fi da sua pequena empresa

A partir desse conteúdo você nunca mais usará a rede Wi-Fi da sua Micro, Pequena ou Média Empresa ‘apenas’ para conectar seus clientes.

Permita que seu estabelecimento tenha uma rede Wi-Fi profissional que entrega métricas e dados sobre seu público, agrupados em um só lugar, com fácil visualização e acesso.

Use essas informações para conhecer o comportamento do seu cliente e decidir a melhor forma de se comunicar com eles.

Isso irá otimizar o tempo e os resultados da equipe de marketing da sua empresa, pois as ações e campanhas planejadas serão ainda mais efetivas.

E mais do que isso….

  • Exiba anúncios e propagandas do seu negócio no momento da conexão na rede;
  • Busque mapear a satisfação do seu público enviando pesquisas e colhendo feedbacks;
  • Relacione-se através de e-mails e SMS com alto potencial de fidelização.
Conheça como acontece o processo de conexão de clientes em Redes Wi-Fi profissionais.

Conte com a Easy para transformar o Wi-Fi da sua empresa.

Wi-Fi para feiras e eventos: ofereça a melhor experiência ao público

Este texto traz a importância de uma boa conexão Wi-Fi em feiras e eventos.

Sem dúvidas, esse segmento foi o mais afetado ao longo da pandemia do coronavírus.

Os desafios da retomada são grandes, mas o setor nunca esteve tão apto a inovar e oferecer verdadeiras experiências ao público.

De um modo geral, os eventos são grandes instrumentos estratégicos para promover produtos e serviços, mas também para a manutenção dos relacionamentos com stakeholders.

Um item indispensável para o sucesso do seu evento, seja ele uma feira, congresso ou exposição, é a presença de uma boa conexão Wi-Fi.

Neste texto, mostraremos como se favorecer da rede Wi-Fi do seu evento para captar leads qualificados e informações relevantes sobre o público presente nele.

Falaremos, também, das estratégias mais eficazes para fidelizar os contatos gerados no pós-evento.

Ao final da leitura, você entenderá porque uma conexão Wi-Fi profissional em feiras e eventos gera demandas de negócios e vendas.

As etapas para um evento de sucesso acontecer

Existem diversos tipos de eventos e cada um desses é direcionado para um público específico e também para que objetivos diferentes possam ser alcançados.

Apesar da singularidade de cada acontecimento, algumas etapas são comuns a todos eles e são elas que irão definir o sucesso ou fracasso da celebração.

Autores especializados em planejamento e execução de eventos separam-os em três grandes etapas: pré-evento, evento e pós-evento, também conhecidas como a tríade do sucesso.

Pré evento

Na primeira etapa, ou seja, no pré-evento é onde nasce o planejamento da ação.

Parte indissociável de qualquer evento, o planejamento comporta desde a concepção da ideia até quais serão os sistemas de controle e avaliação utilizados para medir a efetividade do trabalho.

Nessa fase, define-se, de modo detalhado e sistemático, os procedimentos estratégicos, táticos e operacionais que deverão ser seguidos do início ao fim.

É nesse momento que as perguntas abaixo devem ser respondidas:

  • Qual o objetivo que deve ser alcançado com a produção deste evento?
  • Qual tipo de evento se encaixa melhor para isso: uma feira, uma exposição ou um congresso?
  • Quais serão os temas centrais e secundários que irão nortear as ações?
  • Quem é o público-alvo da iniciativa e para quantas pessoas ela será produzida?
  • Em que dia(s) e local o evento irá acontecer? É necessário solicitar autorização junto a algum Órgão para isso?
  • Quem serão os participantes ou palestrantes convidados, caso tenha?
  • Será preciso contratar e capacitar equipes para atender ao público?
  • Você irá precisar de financiamentos junto à iniciativa privada ou por meio de leis de incentivo?
  • Quais serão as estratégias de comunicação e marketing, on e off, a serem executadas para a divulgação do evento?
  • Qual será o maior diferencial do seu evento e que experiência espera-se que os participantes tenham vivido ao sair dele?

Esses são apenas alguns dos questionamentos que precisam ser pensados, respondidos e colocados em prática para podermos ir para a segunda etapa com segurança.

Evento

Agora, todas as estratégias e táticas planejadas no pré-evento são executadas durante o acontecimento.

Para que tudo ocorra como o idealizado é prudente não contar apenas com a sorte ou com a memória.

No e-book Eventos, como fazer acontecer?, escrito por Eugenia Mariano da Rocha Barichello, Fabio Frá Fernandes e Roberta Hoffman, os checklist são apontados como os instrumentos de trabalho mais eficazes nesse caso:

Os instrumentos de trabalho mais eficazes nesta fase são os checklists e mapas de produção, já que são documentos norteadores para todas as providências, tarefas e materiais necessários para que o evento aconteça com toda a excelência possível.

Os autores citam, ainda, as principais providências que devem ser tomadas durante o evento, como controlar os serviços oferecidos, atender aos participantes e gerenciar as mídias sociais, produzindo e compartilhando conteúdo em tempo real.

Pós-evento

Passada a correria de pensar e fazer o evento acontecer, é hora de colocar tudo na ponta do lápis e avaliar.

É importante que a avaliação dos eventos aconteça sobre duas perspectivas: a da equipe organizadora e a dos participantes, esses últimos os mais importantes.

O feedback, as críticas e as sugestões coletadas nesta fase servirão como experiência para as próximas edições a serem planejadas.O método mais eficaz para se realizar a mensuração dos resultados obtidos com o evento é através das Pesquisas de Satisfação.

As pesquisas de satisfação são necessárias e aplicáveis a qualquer negócio.

Uma das principais vantagens deste recurso é que, através dele, é possível validar estratégias, saber onde podemos melhorar e captar novas ideias.

O vídeo abaixo ensina como fazer uma excelente pesquisa de satisfação através da solução Easy Auth.

Mas você já se perguntou para quem e por onde essas pesquisas serão enviadas?

O fato é que gestores e organizadores de eventos precisam pensar em métodos e tecnologias eficazes para a captação do contato dos participantes e, posterior, fidelização dos mesmos.

O próximo tópico traz a solução para esse problema.

Rede Wi-Fi: o item essencial que não pode faltar na sua feira ou evento

O Wi-Fi é um dos maiores fatores que afeta o sucesso do seu evento.

Primeiro, porque não existe mais a possibilidade de um evento ser feito sem uma conexão de internet de qualidade.

E, segundo, porque esse é um dos critérios que está mais sugestivo a avaliação dos participantes porque impacta diretamente na experiência deles com o acontecimento.

É função da organização do evento prover toda a infraestrutura técnica e estratégica a fim de proporcionar uma rede Wi-Fi segura e confiável para todos se manterem conectados.

Dessa forma, são agregados valores positivos ao evento, além de ser promovido o conforto tecnológico que todos buscam.

Vamos ver, então, o que é necessário para garantir a melhor experiência em termos de conexão Wi-Fi no seu evento.

Do ponto de vista técnico: como oferecer uma boa conexão Wi-Fi no seu evento?

Em primeiro lugar, você precisa ter uma dimensão de quantas pessoas espera receber no seu evento e também aonde ele irá acontecer.

Essas questões já devem ter sido analisadas e respondidas na fase do pré-evento, onde tudo é planejado.

Saber isso permite que você encontre roteadores Wi-Fi de alto desempenho mais adequados para a experiência que deseja promover.

Além disso, esses aparelhos precisam ser aptos para comportar diferentes tipos de dispositivos (smartphones, computadores, tablets) conectados simultaneamente, sem que nenhuma navegação seja prejudicada.

O ideal é que os equipamentos escolhidos sejam do tipo Outdoor, indicados para ambientes externos e que possuem maior cobertura.

No caso das feiras e dos eventos, é preciso verificar ainda a posição dos pontos de acesso, responsáveis por receber e distribuir o sinal da rede para diversos receptores, ampliando a cobertura da conexão.

O local escolhido para o evento acontecer também precisa ser apropriado para receber uma infraestrutura de rede de alta capacidade.

O provedor de internet contratado para prestar serviços para o seu evento deve lhe auxiliar nessas e em outras questões mais específicas.

É importante também que o seu evento tenha um time de suporte qualificado focado na análise contínua da performance da rede, para que qualquer problema possa ser resolvido o mais rápido possível sem prejudicar o desempenho do seu evento.

Do ponto de vista estratégico: como tornar o Wi-Fi o maior diferencial do seu evento?

A rede Wi-Fi do seu evento tem como principal atribuição ser uma ferramenta de marketing, captação de leads e relacionamento com os participantes.

Ela também auxilia na promoção do acontecimento, na comunicação em tempo real dos visitantes e cria oportunidades futuras de negócios.

Por questões relacionadas à segurança dos dados e da rede, é necessário que os usuários façam um breve cadastro em troca da estabilidade da navegação.

Essa estabilidade, somada com a diminuição dos riscos dos participantes terem sua privacidade invadida por se conectarem em uma rede Wi-Fi pública, garante uma experiência de ponta para todos.

Com isso, os organizadores passam a ter um valioso banco de informações sobre o público do evento, muito útil para mantê-los engajados e fidelizados com as próximas edições.

Os benefícios de possuir uma base de dados como essa não param por aí.

É possível, ainda:

  • Enviar promoções e ofertas personalizadas;
  • Encaminhar conteúdos e materiais baseados em datas comemorativas e de acordo com o seu cronograma de produção;
  • Levá-los a acompanhar e seguir os demais canais de comunicação do evento e da empresa organizadora;
  • Enviar vouchers e cupons de descontos exclusivos para esses que já participaram de alguma edição;
  • Fidelizá-los através do E-mail Marketing ou convidá-los para novas ações pontuais por SMS.

As possibilidades de encantar os participantes do seu evento, mesmo depois do término, são infinitas e todas elas usam o Wi-Fi como fator principal.

Não use mais o Wi-Fi do seu evento apenas para conectar, mas sim para encantar, fidelizar e engajar seus participantes.

Venha conversar com quem mais entende do assunto.

Fale com a Easy Auth e transforme a rede Wi-Fi do seu evento em um artefato tecnológico e estratégico.

Solicite agora mesmo uma demonstração da nossa solução.

Fidelização de clientes: dicas práticas para começar hoje mesmo

A fidelização de clientes é objetivo de qualquer negócio, especialmente porque eles se tornam promotores das marcas e passam a indicá-las para amigos e familiares.

As recomendações dessas pessoas, inclusive, estão entre os principais canais mais influentes na decisão de compra dos consumidores, segundo pesquisas.

Os clientes fidelizados acarretam, ainda, em lucros reais para as empresas e passam de compradores eventuais para recorrentes, priorizando sempre que possível determinada marca.

Mas, para chegar a esse patamar, as empresas precisam dar o seu melhor em muitos quesitos e, principalmente, conhecer a fundo seus públicos de interesse.

Nesse texto, iremos tratar sobre esse assunto e trazer exemplos práticos para nortear suas estratégias de fidelização de clientes. Também mostraremos como fazer isso utilizando a rede Wi-Fi da sua empresa como aliada neste processo. Fique ligado!

Por que fidelizar clientes é tão importante?

Além dos argumentos já apresentados na introdução deste material, poderíamos produzir um grande artigo apenas para responder a essa pergunta.

Mas, para irmos direto ao ponto, vamos citar três principais motivos para você começar hoje mesmo a estabelecer um plano de fidelização de clientes.

Chame a sua equipe e anote cada um.

São eles: 1) Você precisa garantir espaço de destaque frente aos concorrentes; 2) Clientes fiéis exercem um importante papel que é o de serem defensores da marca; 3) Fortes relações contribuem para o aumento da percepção de qualidade e da satisfação sobre os serviços oferecidos pela organização.

A diversificação de produtos e serviços, muito ampliada pela globalização e pelo desenvolvimento tecnológico, intensificou também a competição do mercado e o grau de exigência dos consumidores.

Com mais opções disponíveis e também com acesso a um maior número de ferramentas de informações – que possibilitam validar qual oferta estabelece a melhor relação custo/benefício – os consumidores já chegam aos pontos de vendas dotados de conhecimento e com poder de escolha e decisão ainda maiores.

Nesse caso, irão se destacar as empresas que conseguirem estreitar vínculos com os clientes e construírem jornadas de relacionamento junto a eles.

As estratégias de fidelização estão extremamente relacionadas com as estratégias de Marketing de Relacionamento.

Isso porque clientes que possuem um alto grau de relacionamento com as organizações tendem a colocá-las como primeira opção no processo de decisão.

Em relatório sobre as tendências da experiência do cliente, produzido em 2020 pela Zendesk, 74% dos clientes se declararam fiéis a uma determinada marca ou empresa e 52% deles relataram fazer o possível para comprar de suas marcas favoritas.

Isso nos remete ao segundo e ao terceiro dos três principais motivos para você estabelecer um plano estratégico para fidelizar clientes.

Clientes fidelizados e, consequentemente, satisfeitos tornam-se a sua melhor fonte de indicação.

Philip Kotler, conhecido como o ‘‘Pai do Marketing’’, já dizia que a melhor propaganda é feita por clientes satisfeitos.

Em resumo, a fidelidade dos clientes é conquistada, jamais recebida sem esforços e está intimamente ligada com a experiência que os consumidores vivem em toda a jornada com a sua empresa.

Além disso, a recomendação de colegas e amigos é um dos canais mais influentes na decisão de compra em mercados B2B, ao lado da avaliação dos usuários e das recomendações de analistas e especialistas.

E, agora que já vimos porque fidelizar seu público é tão importante, chegou a hora de mostrarmos alguns exemplos práticos para serem aplicados dentro do seu contexto.

Fidelização de clientes: exemplos para você seguir

Por mais que todos os negócios tenham suas particularidades e, claro, públicos distintos, existem estratégias de fidelização de clientes completamente aplicáveis a todos eles.

Os exemplos a seguir demonstram isso, especialmente por possuírem a rede Wi-Fi como ponto em comum.

Então, mais uma vez, caneta e bloquinho de notas em mãos para pegar todas as dicas.

#1 Colete informações de qualidade do seu público para saber como fidelizá-lo

Sem um entendimento prévio – de onde queremos chegar e quais públicos é preciso alcançar – é impossível ser assertivo.

Na hora de definir as estratégias para fidelizar e reter clientes não é diferente.

Portanto, o primeiro e mais importante passo é conhecer seu público para que você compreenda suas reais necessidades e, assim, antecipar soluções e oferecer promoções personalizadas, com foco na fidelização.

E, aqui, começa o protagonismo da rede Wi-Fi da sua empresa.

Se você já conecta clientes e visitantes no seu estabelecimento, irá gostar de saber que a sua rede funciona como uma fonte de captação de dados e informações sobre essas pessoas.

Você pode apurar desde o perfil demográfico do seu público (como idade, gênero e localidade) até informações mais comportamentais, como os dias de maior acesso na sua rede ou os produtos mais consumidos por ele.

Em breve, será possível mapear também o comportamento dessas pessoas em relação às comunicações enviadas. 

A imagem abaixo exemplifica como acontece o processo, partindo do momento em que seus clientes se conectam na sua rede e chegando ao compartilhamento de informações em troca de uma conexão segura e de qualidade.

Essa imagem é composta pela representação em desenhos de como acontece o processo de conexão em redes Wi-Fi gerenciadas por uma solução hotspot. O propósito é mostrar como o Wi-Fi pode ser aliada nas estratégias de fidelização de clientes.

Conhecer seu público irá permitir que você planeje as estratégias certas e mais adequadas para fidelizá-los.

#2 Incentive a interação em seus anúncios e propagandas

Interagimos e apoiamos com conteúdos que gostamos e ignoramos os que não são do nosso agrado, correto?

Tanto nos meios digitais de comunicação como na rede Wi-Fi, as interações dos usuários devem ser incentivadas e também analisadas, pois elas comunicam a efetividade das suas ações e também o gosto dos clientes.

Algumas das formas de envolver os consumidores com os conteúdos da sua marca, visando a fidelização deles são:

  • Mostrar anúncios responsivos, atrativos e que carreguem informações relevantes no momento da conexão deles na rede Wi-Fi da sua empresa. Para isso, estude seus hábitos de consumo e de comportamento – como mencionado no item anterior – e traga acontecimentos atuais para aumentar ainda mais o engajamento, como ações e promoções que estão ocorrendo ou puxe um gancho com assuntos da atualidade que fazem sentido no contexto do seu negócio.

  • No presente momento, as propagandas interativas ainda são um dos recursos presentes na solução Easy que, como o nome indica, são anúncios com opção de interação do visitante. Em breve, elas serão substituídas pelas campanhas interativas e os usuários responderão a perguntas estratégicas (antes da conexão na sua rede) para incrementar seu banco de dados com informações sobre eles e também para aumentar a interação com seu conteúdo. 

  • Não deixe de lado a relevância de uma estratégia omnichannel e distribua o tráfego de usuários da sua rede Wi-Fi para os demais canais de comunicação da sua companhia, como redes sociais e site. Preocupe-se também em produzir ótimos conteúdos nesses outros canais para que os visitantes escolham seguir e acompanhar sua empresa também através deles.

#3 Invista em soluções e ferramentas que otimizem suas estratégias para fidelizar clientes

Por fim, mas não menos importante, é preciso implementar no seu negócio ferramentas verdadeiramente úteis que irão trabalhar em prol da fidelização dos seus clientes, de forma automatizada e estável.

A Solução Easy Auth, por exemplo, está há mais de 5 anos no mercado da tecnologia da informação conectando pessoas a negócios e sendo uma verdadeira fonte de captação de leads e dados para as empresas.

Com a nossa ajuda, a rede Wi-Fi da sua empresas transforma-se em uma ferramenta de marketing e vendas e entrega dados insights sobre seu público, além de recursos para fidelizar e estreitar relacionamentos.

O melhor de tudo é que você pode conhecer gratuitamente nossa ferramenta através de uma demonstração gratuita feita com toda qualidade e empenho pelo nosso time de Sucesso do Cliente.

Acesse esse link para nos conhecer e conhecer as vantagens de oferecer Wi-Fi para seus clientes.

Como usar o Wi-Fi para divulgar suas campanhas em datas comemorativas?

As datas comemorativas ao longo do ano são oportunidades perfeitas para promover sua empresa e alcançar melhores resultados no faturamento.

Pesquisas apontam que acontecimentos como o Dia das Mães e o Natal são capazes de dobrar os lucros do comércio no mês em questão. 

E se você vende tanto no online como no físico, as chances dessas datas influenciarem no resultado das suas vendas são ainda maiores.

Quando bem planejadas, as ações para esses dias podem encantar e até mesmo fidelizar os clientes, colocando seu negócio em outro patamar em termos de experiências proporcionadas.

O foco desse artigo é falar como você pode tirar proveito dessas ocasiões tendo o Wi-Fi que você oferece aos clientes como aliado.

Boa leitura!

As datas comemorativas que mais movimentam o comércio

Em todas as pesquisas feitas para produzirmos este artigo, Dia das Mães, Black Friday e Natal foram as datas que movimentam o comércio mais citadas.

É interessante notarmos que praticamente todas as datas comemorativas possuem um apelo emocional que incentiva a demonstração de amor e gratidão.

Esse incentivo, sem dúvidas, deve ser materializado com a compra de presentes.

Inclusive, existe uma vertente do marketing denominada marketing emocional que está ligada diretamente aos sentimentos dos consumidores, pois as emoções potencializam a tomada de decisões.

Quando estabelecida uma conexão emocional com os compradores, seja ativando uma memória, fazendo rir ou se emocionar, a marca cria relações positivas e maiores chances de uma recompra acontecer.

As datas comemorativas, portanto, são os cenários ideais para estabelecer ou fortalecer esse vínculo com os clientes.

Além das datas mencionadas, os empreendedores devem ficar de olho nas comemorações que são específicas da sua área de atuação, como aniversário da cidade e festejos da cultura local.

No Rio Grande do Sul, por exemplo, o Dia do Gaúcho, em setembro, intensifica a busca por artigos e vestimentas gaudérias, além de aguçar a tradição com desfiles e bailes.

Não somente quem atua no comércio desses itens, mas todas as demais empresas podem aproveitar o contexto e planejar campanhas com os temas.

Outra data que deve constar na programação é o aniversário da sua própria empresa.

Cupons de desconto e resgate da história da empresa, evidenciando autoridade e competência frente aos seus públicos, são algumas das ações mais comuns neste dia.

Por fim, não podemos esquecer do papel exercido pelas redes sociais na criação de datas comemorativas menos tradicionais como as anteriores.

Foram elas que impulsionaram o dia do abraço, o dia do hambúrguer e tantas outros dias que possibilitam a criação de posts e ações presenciais.

Para esses casos, orientamos uma análise mais criteriosa, respondendo a perguntas como:

  • Esse dia faz sentido dentro do contexto de atuação da sua empresa?
  • Você é capaz de criar uma conversa entre a comemoração desse dia e os interesses do seu público?
  • O trabalho feito nas redes sociais, bem como os assuntos já abordados, coincidem com o dia em questão?

Lembre-se de nunca planejar um conteúdo ou atividade apenas porque todo mundo está fazendo o mesmo.

Por vezes, é melhor você seguir firme no posicionamento já adotado pela sua empresa do que surfar em uma onda porque todos estão nela.

O planejamento das datas comemorativas serve para você pontuar quais delas merecem seu esforço e quais ações serão feitas para alcançar os objetivos almejados.

Por vezes, aumentar as vendas pode não ser o objetivo direto, mas uma consequência trazida pelas demais condutas.

Aproveite bem o potencial das datas comemorativas para o seu negócio. 

Para isso, conte com a rede Wi-Fi da sua empresa, como veremos no tópico a seguir.

Wi-Fi como aliado nas campanhas de marketing para datas comemorativas

Sabe quando você vai a um restaurante, por exemplo, e precisa ficar pedindo aos funcionários a senha da rede Wi-Fi?

Esse é o jeito errado dos estabelecimentos fornecerem internet gratuita aos clientes e também a forma incorreta deles se conectarem.

Como seria o certo, então?

O cenário ideal acontece quando os consumidores se cadastram na rede e, assim, o estabelecimento coleta informações de qualidade do seu público.

E, o mais importante: garante uma navegação segura e de alta performance a todos, entregando uma boa experiência de conexão.

A inscrição dos clientes no Wi-Fi é a primeira condição para transformá-lo em uma ferramenta de marketing e vendas, pois é a partir desses dados que donos e gerentes poderão traçar novas campanhas, incluindo para as datas comemorativas.

Após o cadastro, os clientes visualizam anúncios e propagandas da sua marca, com a possibilidade de interação entre um método e outro.

Encare a rede Wi-Fi da sua empresa como uma extensão dos demais canais digitais que você já utiliza, com o diferencial de que toda comunicação planejada para determinada data comemorativa será visualizada e entregue em tempo real às pessoas conectadas.

Essa é uma das grandes vantagens do marketing pelo Wi-Fi: seu conteúdo não fica refém de algoritmos, como nas redes sociais, e você inicia o processo de fidelização e encantamento dos clientes no momento em que os mesmos se conectam na rede.

E para reforçar a relação de proximidade já criada com seu público você possui ainda duas importantes ferramentas de marketing de relacionamento: o e-mail e o SMS.

Quanto mais informações valiosas você coletar dos clientes – através do Wi-Fi – maior será o sucesso das suas campanhas por e-mail e SMS.

E por falar em sucesso, todos nós sabemos bem a importância de avaliar os resultados obtidos com as ações em datas comemorativas.

Para isso, envie pesquisas de satisfação para o público-alvo da campanha e entenda o que funcionou e o que deve ser melhorado na próxima iniciativa.

Agora que você já sabe como usar a rede Wi-Fi da sua empresa em campanhas de marketing para datas comemorativas, vamos ver alguns exemplos práticos para serem aplicados nessas ocasiões.

Ações e estratégias para o Wi-Fi em datas comemorativas

De acordo com as nossas pesquisas, Dia das Mães, Black Friday e Natal são as datas que mais movimentam o comércio.

Portanto, os exemplos a seguir irão contemplar esses dias.

Os segmentos foram escolhidos aleatoriamente para que você veja que diversos negócios podem transformar a rede Wi-Fi em uma ferramenta de marketing e vendas.

Vamos às ações e estratégias.

📌 Segmento: Bares e Restaurantes

🗓️ Data comemorativa: Dia das Mães

🎯 Estratégia proposta: Nos anúncios da sua rede Wi-Fi, divulgue uma promoção para este dia, mas exclusiva para as pessoas que se conectaram e visualizaram ela. Você pode propor que os clientes tirem um print e apresente-o na hora do pagamento, com algum desconto ou condição especial. Assim, você garante 100% de aproveitamento da ferramenta e incentiva todos a se conectarem da forma correta no Wi-Fi.

📌 Segmento: Hotéis e Pousadas

🗓️ Data comemorativa: Natal

🎯 Estratégia proposta: Natal é sinônimo de férias, viagens e família, período perfeito para hotéis e pousadas dar aquele up no faturamento. Para qualquer estratégia de marketing e vendas dar certo é preciso comunicar a mensagem ideal para o público correto. Uma das formas de segmentar o público conectado na rede Wi-Fi é através da cidade e/ou estado. Essa informação é extremamente importante para o sucesso das campanhas de datas comemorativas do segmento hoteleiro, pois ela informa para quais regiões deve ser destinada uma verba maior para atrair e fechar novos hóspedes, especialmente no final do ano onde a procura por esse serviço tende a ter um aumento considerável. Quem utiliza  a rede Wi-Fi como aliada para campanhas de marketing trabalha pautado em dados e realiza ações muito mais assertivas

📌 Segmento: Clínicas Médicas ou Laboratórios de Saúde

🗓️ Data comemorativa: Black Friday

🎯 Estratégia proposta: As clínicas e laboratórios na área da saúde são locais com grande fluxo de pessoas em salas de espera que, geralmente, precisam dispor de um tempo considerável para realizar todos os procedimentos que precisam. Uma rede Wi-Fi de qualidade nestes locais, portanto, é primordial, especialmente quando ela pode ser usada a favor dos negócios. Uma estratégia eficiente para o segmento em questão é informar, via SMS ou E-mail, que devido a Black Friday os exames e serviços mais procurados pela população estão com desconto. Para ser ainda mais eficiente, a mensagem pode encaminhar o paciente a acessar diretamente a página onde estão descritas todas essas promoções, assim como para o WhatsApp da clínica, para agendar um serviço. Esse foi mais um exemplo de como o Wi-Fi pode ser a porta de entrada para grandes resultados na sua empresa.

Transforme a rede Wi-Fi da sua empresa em uma ferramenta de marketing e vendas

Conheça a Easy Auth, especialista no gerenciamento de redes Wi-Fi, e transforme a rede Wi-Fi da sua empresa em uma solução para captar leads e fidelizar clientes.

Agende uma demonstração e receba um plano estratégico e operacional personalizado para a realidade do seu negócio.

Conheça as primeiras revendas autorizadas Easy Auth

Foi dada a largada!

A Easy Auth está implementando um projeto que foi idealizado para alcançarmos novos mercados, fechar novas parcerias e chegar a mais estabelecimentos comerciais que ainda não descobriram o potencial da rede Wi-Fi para negócios.

Entre os dias 12 e 14 de abril, os diretores da Easy, Gilnei de Pellegrin e Vinícius dos Santos, juntamente com os Consultores de Negócios, Ricardo Rossi e Ronaldo Paulo Girardello, estiveram em Joaçaba/SC, na sede da nossa mais nova parceira, a JRC Informática.

A JRC, ao lado da Vancin Informática e ZZ Solutions, são as primeiras revendas autorizadas Easy Auth.

Isso quer dizer que, a partir de então, essas empresas passam a comercializar nossa solução e serem nossas representantes diretas, possibilitando que novos públicos conheçam a Easy.

As revendas possuem um papel crucial na expansão e no desenvolvimento de negócios parceiros.

São elas que possibilitarão que milhares de novos negócios descubram o potencial da rede Wi-Fi para captar leads e fidelizar clientes.

Para que essa cadeia funcione corretamente, as empresas escolhidas como revendas precisam ser treinadas, conhecerem a fundo o produto que irão defender para que, assim, possam suprir com excelência as demandas de quem com ele se beneficia.

Esse foi justamente o objetivo do encontro que aconteceu no estado catarinense.

Nossos parceiros passaram dois dias imersos no universo Easy Auth, com uma série de treinamentos que os possibilitaram conhecer nossa infraestrutura; as funcionalidades presentes na solução Easy; nosso processo de venda e ativação de clientes, além de toda parte de configuração de equipamentos.

Tudo isso para que possamos manter a qualidade no atendimento e no suporte prestado e fazer com que mais negócios conquistem o sucesso através do Wi-Fi.

Abaixo, algumas fotos desses dois dias de treinamento.

Easy Auth e revendas autorizadas JRC Informática, Vancin Informática e ZZ Solutions em Joaçaba/SC, na sede da JRC, no primeiro dia de treinamento.

Nosso muito obrigado, mais uma vez, a JRC Informática por aceitar caminhar conosco nesta jornada e por ter sido sede para darmos esse primeiro e importante passo.

Agradecemos, ainda, a confiança depositada pelos parceiros da Vancin Informática e da ZZ Solutions, que acreditaram em nossa proposta e toparam revolucionar o mercado ao nosso lado.

A jornada está só começando!

Em breve, estaremos em busca de novos parceiros. A sua empresa pode ser uma revenda autorizada Easy Auth. Fique de olho!

Conheça mais sobre cada uma das revendas autorizadas Easy

JRC Informática

A JRC Informática foi fundada em 2005 e é especializada em vendas de equipamentos de informática, móveis para escritório, produtos gamer e assistência técnica. Além de ser representante Mhnet para Joaçaba e Herval D’Oeste, agora é também representante Easy Auth e nosso novo ponto de venda de Wi-Fi para empresas no estado catarinense.

Siga a JRC no Instagram: www.instagram.com/jrcinf/

Visite o site da JRC: jrc.net.br/

Marque uma visita na JRC: Av. XV de Novembro, nº 448a, Centro, Joaçaba/SC

Vancin Informática

A Vancin Informática é especializada em assistência técnica para computadores, impressoras, notebooks e servidores. Conta ainda com os serviços de instalação de internet, câmeras de segurança e alarmes, além de locação de equipamentos.

Siga a Vancin no Instagram: www.instagram.com/vancin_informatica/

Visite o site da Vancin: vancin.com.br/

Marque uma visita na Vancin Informática: Rua Prefeito Domingos Machado de Lima, nº 533, Centro, Concórdia/SC

ZZ Solutions

A ZZ Solutions oferece serviços como Consultoria em TI, Central Digital IP, Estrutura e Gerenciamento de Redes, além de Sistemas de Segurança e uma Plataforma Omnichannel.

Siga a ZZ no Instagram: /www.instagram.com/zz.solutions/

Visite o site da ZZ: zzsolutions.com.br/

Marque uma visita na ZZ Solutions: Av. Anita Garibaldi, nº 110, Sala 102, Centro, Maravilha/SC

Como um hotspot ajuda a driblar o impacto das políticas de privacidade?

Dados sempre foram o fator chave para que empresas e organizações desenvolvessem ações e campanhas de marketing inteligentes.

Eles nos trazem informações valiosas acerca dos hábitos de compra e comportamento dos consumidores e isso garante maior assertividade no relacionamento das empresas com seus públicos de interesses.

Entretanto, a facilidade com que essas informações circulam pelos sistemas virtuais fez com que leis e políticas fossem criadas.

E, como esperado, os impactos das regulamentações dos dados nas estratégias de marketing e vendas das empresas já podem ser sentidos.

Nesse texto, você verá os possíveis caminhos para o seu negócio driblar essa interferência e seguir coletando informações importantes sobre seus públicos.

O impacto das políticas de privacidade no marketing empresarial

A segurança da informação e a privacidade de dados são preocupações cada vez maiores para empresas e indivíduos.

Tal fato tornou-se um desafio na medida em que a atual sociedade passou a depositar grandes quantidades de dados em plataformas digitais de compras e redes sociais.

Porém, especialmente no que compete à proteção destes dados, as consequências trazidas pelas tecnologias de informação e comunicação foram tão nefastas a ponto de emergir a necessidade de controlar a difusão dessas informações que dizem respeito às pessoas.

Podemos citar como exemplo a vigência da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e, ainda, a polêmica política de anti-rastreamento de dados implementada pela Apple em iPhones com sistemas operacionais a partir do iOS 14 para controle do uso e da gestão de informações pessoais dos usuários em aplicativos e navegadores.

Não parando por aí, agora os cookies – pequenos arquivos de texto que guardam informações sobre navegação em um endereço – estão prestes a desaparecer.

Todas essas mudanças nas políticas de privacidade e o fim de importantes ferramentas de rastreamento, como os cookies, afetam diretamente a execução de estratégias de marketing digital.

A saída, então, é apostar cada vez mais em fontes de geração de dados próprios para que o seu negócio não seja refém de plataformas externas e nem de políticas que fogem do seu controle.

Falaremos sobre quais são essas fontes nos próximos tópicos.

Por que a sua empresa precisa ter uma fonte própria de geração de dados e contatos?

À medida que acessamos sites, preenchemos formulários e interagimos nas redes sociais estamos contribuindo com o aumento do volume de dados na internet.

O problema é que o uso indiscriminado e, por vezes, criminoso desses dados obrigou empresas e organizações a se adequarem às leis e políticas de regulamentações dos mesmos.

O fim de algumas ferramentas de análises e monitoramento, as mudanças na forma como acontece o rastreamento das informações, bem como o desejo de mais privacidade e controle sobre os dados por parte dos usuários, evidenciam o que vem por aí.

As marcas passaram a ter menos dados de usuários disponíveis e muitas ferramentas de automação de marketing foram afetadas, já que fazem o uso intenso de dados de terceiros.

Ou seja, estamos falando de mudanças que afetam diretamente na forma como fazemos e também recebemos campanhas de marketing.

Portanto, é hora dos profissionais de marketing se concentrarem em estratégias eficazes de coleta de dados e lidar com um futuro ainda mais cauteloso no que diz respeito à coleta, armazenamento, tratamento e compartilhamento de dados pessoais.

Mais do que nunca, é necessário deixar o motor da captação de dados ricos sempre ligado e construir relacionamentos ainda mais profundos com seus públicos.

Chegou o momento de explorar novos canais e estratégias e sempre buscar entender a jornada de compra do usuário.

Além disso,

para ser independente de cookies de terceiros, cada empresa deve investir na criação de seus próprios canais. Tráfego orgânico, SEO, mídias sociais e e-mail combinados com conteúdo de alta qualidade serão cruciais. Por meio dessas plataformas, sempre é possível publicar conteúdos que atraiam e contribuam com dados.

Ebook ‘‘Fim dos Cookies: E Agora, O Que Fazer?’’ Por Rock Content.

Vejamos, então, alguns exemplos de ferramentas e estratégias para você construir sua própria base de dados e contatos.

Ferramentas e estratégias para construir sua própria base de dados

Agora que já te convencemos que ter sua própria fonte de captação de leads e dados é a melhor alternativa diante dos novos desafios impostos, iremos mostrar por onde fazer isso.

Wi-Fi da sua empresa

A rede Wi-Fi da sua empresa é uma das principais ferramentas para a construção de uma base de cadastros de clientes.

Quando seus clientes se conectam na rede Wi-Fi da sua empresa você passa a ter uma série de dados valiosos sobre eles.

E essa é a grande vantagem de contar com a tecnologia do Wi-Fi Marketing: a coleta de dados e a criação de uma base de informações que irá servir para estudar os perfis de consumo e guiar as estratégias de marketing e vendas do seu negócio.

Você conta, ainda, com um conjunto de recursos que possibilita que a rede Wi-Fi seja usada como ferramenta de divulgação e reconhecimento da sua marca.

Baixe gratuitamente este E-book e conheça a melhor forma de utilizar os recursos de comunicação e marketing da solução Easy para divulgar seu negócio e fidelizar seus públicos.

Site da sua empresa

Independente do segmento que você atua ou do tamanho que a sua empresa tenha, o site da sua empresa é ferramenta obrigatória para o sucesso do seu negócio e um dos pontos principais de contato entre um negócio e seus compradores.

E engana-se quem pensa que os sites perderam importância devido a grande quantidade de usuários ativos nas redes sociais.

Veja alguns pontos que sustentam essa afirmativa:

  • Tendo em vista que quanto mais você aparecer melhor será, um canal nunca irá substituir o outro. Todos eles são essenciais para que você alcance o maior número de pessoas interessadas no seu serviço ou produto.
  • Lembra da importância de construir sua própria base de dados? Pois esse é justamente o mais importante papel do seu site. Um domínio próprio na internet é primordial para a coleta dessas informações e para que sua empresa siga sempre online, não limitando-se a quedas de alcance ou engajamento.
  • A sua ‘casa na internet’ é também o primeiro endereço que aparece quando os usuários realizam uma busca direta pelo nome da sua empresa ou por palavras similares ao seu negócio.
  • Credibilidade e confiança são associados a marcas que possuem uma boa infraestrutura online como um site. Melhor ainda se ele for completo o suficiente para sanar dúvidas logo na primeira visita.

Em resumo,

o seu website é o ambiente onde você tem o maior nível de controle sobre os clientes e onde você pode oferecer a eles o máximo possível de formas de contato e relacionamento, deixando que eles escolham a forma mais conveniente de ser contatado.

Livro ”Marketing de Conteúdo, a moeda do Século XXI”, por Rafael Rez.

Formulários, landing pages, pop ups e canais diretos de relacionamento

A ascensão do mercado de infoprodutos nos apresentou o termo isca ou recompensa digital.

Nada mais do que um e-book, infográfico ou qualquer outra forma de conteúdo que possa cativar os leads a deixarem seus dados de contato em troca de um material que seja do seu interesse.

Essa é a permissão necessária para que seja mantido o contato com eles, utilizando principalmente o e-mail marketing.

Essas iscas são ofertadas em formulários, landing pages ou pop ups presentes, especialmente, nos sites das empresas.

Ao serem preenchidos, passam a compor um banco de dados e informações para embasar com clareza as campanhas de marketing e desenhar o perfil ideal de público.

Por esse motivo, os formulários de contato devem ser estrategicamente planejados para que informações úteis e importantes sejam captadas.

Já os canais diretos de relacionamento, como chatbots e directs, contribuem com o levantamento de questões pontuais e funcionam como um canal de atendimento rápido, personalizado e humanizado.

Presença em eventos do seu setor

Não apenas de estratégias online sobrevive um negócio.

Um erro que muitas empresas cometem é achar que o online substitui outras formas de captar e se relacionar com leads.

Na medida que a pandemia vai perdendo forças, veremos cada vez mais eventos tendo suas edições retomadas.

Oportunidade única para apresentar o seu serviço e captar pessoalmente o contato e demais informações sobre seus prospects.

Conclusão

A facilidade com que compartilhamos e temos acesso a dados pessoais e sensíveis emergiu a necessidade de controlar a difusão das informações que dizem respeito às pessoas.

Tais decisões tiveram grande impacto nas áreas de marketing e vendas, cujo trabalho é todo voltado para captação e análise de dados dos consumidores.

Sendo assim, cabe a estes profissionais explorar novos canais e estratégias e investir pesado na criação de seus próprios canais.

Os exemplos de ferramentas e estratégias citadas são um bom começo para manter o mesmo desempenho em uma era pautada pela preocupação com a privacidade de cada um.

Entenda porque profissionalizar a rede Wi-Fi da sua empresa

Se você ainda não utiliza o Wi-Fi da sua empresa para atrair e fidelizar clientes, saiba que está deixando grandes oportunidades para trás.

Neste artigo queremos que você conheça o poder que a rede Wi-Fi tem de ser uma potente ferramenta para Marketing, Geração de Leads e Vendas.

Para isso, separamos 5 razões que justificam porque você deve profissionalizar sua conexão.

Razão nº 1: Ter uma nova fonte de atração e retenção de leads

Leads são pessoas que preencheram algum tipo de formulário e optaram por deixar seus dados de contato em troca de um atendimento, material gratuito, para agendar uma apresentação ou para qualquer outra ação que demande um cadastro prévio.

Todo negócio precisa pensar em formas de gerar leads por esses motivos:

  • As pessoas não passam 100% do tempo realizando buscas ou pensando em comprar alguma coisa. É preciso despertar o interesse delas e apresentar soluções que as façam reconhecer a existência de um problema para, então, considerarem a compra de um produto ou serviço que supre suas necessidades. Isso é feito através da produção de conteúdos úteis e relevantes que sejam capazes de responder às dúvidas da audiência e acentuar a presença da sua marca nas etapas que antecedem a compra.
  • Quanto maior o número de potenciais clientes atraídos pelo discurso e ações que você propaga nas mídias sociais, maior também tende a ser porcentagem deles que se tornarão clientes e defensores da sua marca.

Entre as estratégias para atrair leads destacamos a rede Wi-Fi da sua empresa.

Sejam elas oferecidas nos estabelecimentos ou em locais públicos, redes Wi-Fi gerenciadas cumprem com o papel de autenticar todos os visitantes – por questões de segurança – enquanto acumulam dados para gestores oferecerem uma experiência de conexão personalizada, conhecerem melhor seu público e expandirem seus negócios.

Razão nº 2: Compreender o comportamento e traçar perfil dos clientes

Se leads são as pessoas que fornecem informações de contato em troca do recebimento de uma oferta, os usuários da rede Wi-Fi fazem o mesmo para navegarem com segurança e de forma gratuita em redes públicas.

A autenticação possibilita que o dono do estabelecimento saiba quantas pessoas passaram por lá e acessaram a internet, em quais dias e em quais horários isso mais aconteceu.

Outros insights como a idade, o gênero e o tempo total de conexão são entregues para que um trabalho de definição do público-alvo possa ser feito.

Mas por que isso é importante?

Conhecer o seu público comprador é o que lhe dará subsídios para elaborar estratégias de marketing e tomar decisões mais precisas. Esse é também o caminho para identificar os desejos e as necessidades dos consumidores e de que forma sua solução pode atender a ambos.

Nessa pesquisa, é possível que você aviste uma oportunidade de mercado ou perceba que a solução que você entrega necessita de aperfeiçoamentos.

Assim, você terá a compreensão de quem é seu público e poderá se posicionar de forma diferente nele.

Definir o perfil do seu cliente ideal não é tarefa fácil e nem mesmo algo que deva ser feito uma única vez.

Mas com os relatórios que a solução Easy entrega esse trabalho torna-se menos desafiador e mais ágil.

Avaliar constantemente é importante, pois seu negócio pode possuir sazonalidades e saber como e quando elas ocorrem pode ser um diferencial perante seus concorrentes.

Razão nº 3: Acompanhar o uso e o desempenho da sua rede com relatórios precisos

Os relatórios são usados para mensurar os resultados obtidos de um processo, ação ou estratégia.

Por meio de um conjunto de dados, eles revelam se os objetivos estabelecidos foram alcançados, bem como o que mais fez sentido no contexto analisado, por isso são tão importantes.

A rede Wi-Fi é um exemplo de ferramenta que reúne excelentes relatórios.

Com eles, você será capaz de responder quem é seu público e também como está o desempenho da sua rede, em termos de uso e performance.

Razão nº 4: Engajar seu público por meio de anúncios e campanhas de marketing

Depois de todo trabalho feito para atrair as pessoas certas para o seu negócio, você deve construir um relacionamento pautado em assuntos que sejam do interesse delas.

Hoje, o que não faltam são canais e recursos para que isso aconteça.

Mas, apesar da grande oferta de meios à nossa disposição, é fato que a atenção nas redes sociais é um artefato cada vez mais disputado. Além disso, elas possuem seus próprios funcionamentos, o que acaba prejudicando a entregabilidade do que publicamos.

Surge, então, os anúncios e propagandas no Wi-Fi para tornar o processo de alcançar e conquistar novos clientes mais eficiente.

Uma das maiores vantagens de se comunicar com seus clientes pelo Wi-Fi é a certeza de que eles irão ver e interagir com o conteúdo divulgado, ao contrário de qualquer outro meio que você utilize para isso.

E, como esperado, as interações podem ser mensuradas e a divulgação que antes ficava restrita às redes sociais ganha um novo complemento.

Razão nº 5: Integrar com o Sistema de Gestão que você utiliza e aproveitar os benefícios dessa integração

O Sistema de Gestão utilizado por Provedores de Internet para facilitar e automatizar processos adquire novas funções quando integrado com o Wi-Fi.

Essa integração permite que clientes naveguem por tempo ilimitado em locais públicos contemplados com conexão Wi-Fi.

Já para os demais usuários, é preestabelecido tempo e velocidade de acesso limitados e você tem a oportunidade de convertê-los como assinantes.

Mas por que essa seria uma solução eficiente para ganhar e fidelizar mais compradores?

Vamos olhar para os dois públicos contemplados com essa estratégia para responder a pergunta.

  • Público 1 -> Clientes do Provedor -> acesso ilimitado e sem pagar nada a mais na mensalidade em locais públicos, apenas com os dados cadastrados no contrato.
  • Público 2 -> Novos usuários -> oportunidade para usufruírem de um bom serviço de internet e de receberem campanhas de marketing e relacionamento, tudo através do Wi-Fi.

Deseja conhecer o que mais a integração entre seu Sistema de Gestão e o Wi-Fi faz pelo seu negócio? Então acesse:

O que as marcas que encantam têm em comum?

De uma coisa não dá mais para fugir: seu produto pode ser o melhor do mercado, mas, sozinho, ele não fideliza clientes.

Estamos vivendo a era do encantamento e ela é marcada por consumidores muito mais pró ativos que esperam viver verdadeiras experiências com a sua marca.

Mas, engana-se quem pensa que proporcionar boas experiências está atrelado a grandes investimentos ou é apenas para multinacionais.

Micro e pequenas empresas podem e devem impulsionar o encantamento de seus clientes com ações estratégicas, como recrutar o perfil ideal de pessoas que irão compor o time de atendimento e treiná-los para atender a todos com excelência.

Neste texto, iremos mostrar o que marcas que encantam têm em comum e revelar quais estratégias podem ser planejadas para conquistar vantagem competitiva com isso.

Como encantar clientes? Conheça 3 ações essenciais

Compradores exigentes, criteriosos e com acesso infinito às informações sobre praticamente qualquer coisa. Assim é definido o novo arquétipo de consumidor.

Quando satisfeitos, esses tornam-se divulgadores fiéis da sua marca, indicando e defendendo o produto para colegas, amigos e familiares.

A busca por boas experiências de compra, bem como por marcas que representam-os e satisfaçam seus anseios de transformação, também são traços aguçados deste público.

Considerar essas verdades, antes de tudo, é importante para visualizar quais rumos tomar para se tornar uma marca que encanta e se sobressai diante das demais.

Vejamos, então, 3 critérios comuns entre marcas que encantam os clientes.

#1 O atendimento é a maior fonte de elogios

Parece óbvio, mas as marcas ainda pecam no que deveria ser considerado prioridade, se o objetivo for encantar e ter um grande número de recorrências.

De forma resumida, um bom atendimento é identificado como aquele que tem uma escuta atenta por parte da empresa; uma agilidade para solucionar questões; além de uma preocupação em garantir a satisfação durante todo o tempo que as partes estiveram se relacionando.

Para chegar neste patamar de atendimento é preciso:

  • Escolher o perfil ideal de pessoas que irão compor seu time de atendimento. Erick Penna, autor do livro ‘‘A arte de encantar clientes’’, afirma que a equipe é o cartão de visitas da organização.
  • Treinar e capacitar essas pessoas para que tenham condições de responder a diferentes dúvidas e/ou sejam pró ativas para irem em busca de respostas, sempre com cordialidade e empatia.
  • Disponibilizar diferentes formas e meios de contato e ter a mesma eficiência de atendimento em todas elas.

Assim, será possível implementar o atendimento excepcional como vantagem competitiva do seu negócio.

#2 Experiências personalizadas são pensadas ao longo de toda jornada de compra

É sabido que nós, enquanto consumidores, trilhamos o que chamamos de jornada de compra.

A jornada de compra nada mais é que os caminhos que percorremos do momento que recebemos uma indicação ou conhecemos um produto ao momento que de fato o compramos.

Como já comentado, a transformação digital deu autonomia aos consumidores e isso impactou diretamente no fim da previsibilidade dessa jornada.

Uma das principais mudanças, como apontado por especialistas da Surfe Digital, é que

as pessoas não estão mais seguindo caminhos lineares ao pesquisarem e tomarem decisões sobre suas compras. As tecnologias deram poderes aos consumidores e é praticamente impossível prever seus comportamentos com uma visão de funil linear. Os consumidores querem respostas imediatas e de acordo com suas intenções vão redefinindo o funil de marketing.’

Trecho do artigo disponível em https://www.surfedigital.io/blog/redefinindo-o-funil-de-marketing

Além disso, agora admite-se que a jornada do consumidor não deve acabar no momento da compra.

Ela vai além da venda, necessitando de estratégias específicas de atendimento e relacionamento que leve esse cliente à retenção.

Assim, concluímos que planejar experiências personalizadas para cada estágio dessa jornada, mesmo que ela não seja linear, é um caminho para encantar consumidores que buscam empresas que fazem a diferença, sejam relevantes, pessoais e que demonstrem confiança.

Um exemplo prático de aplicação dessa estratégia é o envio de E-mail Marketing com base na ação de entrada dos leads na sua base.

#3 A retenção de clientes é tão importante quanto a atração

Algumas pesquisas mostram que conquistar novos clientes é cerca de 7 vezes mais caro do que manter os já existentes.

Mas, para além do comparativo de gastos, pense o quanto é importante manter os clientes fiéis e fazendo negócios ao longo do tempo com a sua marca.

Entram em cena novos desafios e a importância de olhar estrategicamente para a área de Sucesso do Cliente.

Customer Sucess ou Sucesso do Cliente é o nome dado a um setor, cujo foco é contribuir para que o cliente alcance os resultados esperados com a contratação da solução.

Esse setor é relevante, principalmente, para empresas SaaS que oferecem serviços com pagamentos recorrentes.

Por mais fácil e intuitivo que o seu produto seja, o papel dos responsáveis por essa área é estar em contato constante com o cliente, ajudando ele a pensar nas melhores maneiras de usar a solução contratada para alcançar os objetivos. 

Customer Sucess e retenção de clientes andam lado a lado porque o ‘‘cliente que tem sucesso com a solução contratada da sua empresa dificilmente irá pensar em se desfazer dela’’.

Destaca-se, ainda, a qualidade da experiência do cliente ao perceber que contratou um serviço que tem como premissa buscar melhores resultados junto a ele.

Em resumo, as marcas que encantam clientes possuem esses pontos em comum:

  • Um atendimento digno de elogios, sendo feito por pessoas treinadas e dispostas a resolver com empatia e cordialidade os mais diversos entraves;
  • Experiências personalizadas durante todas as etapas de relacionamento do consumidor com a marca, entendendo que diferentes pessoas encontram-se em diferentes momentos e, portanto, possuem necessidades específicas;
  • Um setor dentro da empresa voltado para pensar nas melhores formas dos clientes alcançarem o sucesso com a aquisição da solução.

Quando perguntado para alguns membros da equipe Easy Auth ”Na opinião de vocês enquanto consumidores, o que uma empresa precisa fazer para ‘encantar’ vocês?” as respostas foram essas:

E como oferecer todos esses atributos de uma só vez no seu negócio?

A resposta está no Wi-Fi da sua empresa. Com um Hotspot Wi-Fi de qualidade, você:

  • Capta leads de um jeito inovador e seguro;
  • Ganha novos pontos de contato com seu público e, portanto, mais oportunidades para encantar, sanar dúvidas e divulgar seu negócio;
  • Tem a possibilidade de reter e fidelizar clientes com o envio de campanhas de anúncios.
  • Conhece o perfil do público que está frequentando seu negócio e oferece experiências personalizadas baseadas no que os relatórios de dados estão mostrando.
  • Tudo isso atrelado a uma rede Wi-Fi segura e aliada do marketing e das vendas do seu negócio.

Não espere mais, solicite uma demonstração e conheça a solução Easy Auth.

Confira as vagas abertas para profissionais de vendas na Easy

Atenção profissionais das vendas, que sabem como ninguém prospectar e negociar com potenciais clientes: temos boas oportunidades para vocês na Easy Auth Sistemas.

Estamos em busca de dois colaboradores para compor o time comercial externo da Easy e atuar diretamente na prospecção de novos clientes.

Tudo que você precisa saber sobre cada uma das vagas está descrito abaixo.

Se o seu perfil for de encontro com o perfil que estamos buscando, por gentileza, envie seu currículo para consultoria@easyauth.net. Dentro de alguns dias entraremos em contato com todos os candidatos.

Vaga para Consultor Comercial Corporativo

O novo Consultor Comercial da Easy Auth será responsável por prospectar potenciais clientes para a solução que a Easy Auth desenvolve, que é licença de Hotspot.

A rotina desse profissional será totalmente externa, ou seja, seu escritório será as ruas de Santa Maria, cidade onde fica a sede da Easy.

O objetivo é que sejam realizadas visitas diárias a estabelecimentos, corporações e instituições com potencial para adquirir nossa solução.

Em outras palavras:

  • Você irá prospectar novos clientes e contratos;
  • Identificar oportunidades;
  • Sua rotina será 100% externa, com encontros semanais na empresa;
  • Você terá um plano comercial como guia e metas para serem cumpridas;
  • Seu foco de atuação será em Pessoas Jurídicas; Negócios de pequeno, médio e grande porte; Órgãos Públicos;
  • O serviço que você irá comercializar é licenças de Hotspot.

Para que todas as funções sejam desempenhadas da melhor forma, nós esperamos:

  • Que você seja comunicativo;
  • Que saiba apresentar com clareza e objetividade uma proposta;
  • Tenha grande capacidade de se relacionar;
  • Seja persistente e organizado;
  • Goste de receber treinamentos e capacitações;
  • Busque pela excelência em tudo que se propor a fazer.

Cursos técnicos e/ou superior nas áreas de marketing e vendas, além de conhecimentos em negociação e vendas, irão colocá-lo um passo a frente nessa jornada.

E o que a Easy Auth irá oferecer?

  • Treinamentos e capacitações;
  • Acompanhamento durante as visitas;
  • Salário Fixo;
  • Comissões sob atingimento de metas;
  • Ferramentas para desenvolver o seu trabalho da melhor forma;
  • Vale Alimentação.

É imprescindível que você possua veículo próprio e tenha disponibilidade para realizar viagens.

Os horários de trabalho serão:

  • De segunda a sexta-feira, das 8h30min às 12h e das 13h30min às 18h;
  • Sábado, das 8h30min às 12h.

Envie seu currículo para consultoria@easyauth.net com o título dessa vaga no assunto do e-mail.

Vaga para Executivo de Contas

A pessoa que ocupar o cargo de executivo de contas terá as seguintes tarefas:

  • Será responsável por prospectar novos parceiros para a Easy Auth. Entenda parceiros como empresas com potencial para revender nossa solução;
  • Essa prospecção irá ocorrer em diferentes cidades dos 3 estados da Região Sul do país;
  • Treinar esses parceiros para que, assim como você, eles saibam como utilizar a solução Easy de forma otimizada, tendo clareza dos recursos que ela possui e de que forma eles auxiliam no marketing e nas vendas de diversos negócios;
  • Acompanhá-los e dar o suporte necessário;
  • Sua rotina será 100% externa/ P.A.P.;
  • Você terá um plano comercial como guia e metas para serem cumpridas;
  • Você também será responsável pela manutenção da base de clientes de cada parceiro.

O que esperamos de você?

  • Que você seja comunicativo;
  • Tenha grande capacidade de se relacionar;
  • Seja persistente;
  • Seja organizado;
  • Possua carro próprio e disponibilidade para viagens;
  • Tenha facilidade em falar em público e realizar treinamentos;

Formação em administração e/ou marketing e/ou vendas. Conhecimento técnico em negociação e vendas será um diferencial.

Em contrapartida, ofereceremos:

  • Treinamentos e capacitações;
  • Salário fixo;
  • Comissões sob atingimento de metas;
  • Ferramentas para desenvolver o seu trabalho da melhor forma;
  • Vale Alimentação.

Da mesma forma que na vaga anterior, é imprescindível que você possua veículo próprio e tenha disponibilidade para realizar viagens.

Se você acredito que esse desafio tem tudo a ver com você, queremos receber seu currículo no e-mail consultoria@easyauth.net. Não esqueça de inserir no assunto o nome da vaga desejada.

Boa sorte!

Como captar e reter clientes com a ajuda da tecnologia?

Na última quinta, dia 25 de novembro, comemoramos o aniversário da nossa parceira Native IP com uma super transmissão ao vivo.

Nela, falamos sobre transformação digital e como captar e reter clientes com o auxílio da tecnologia.

O replay da live pode ser assistido aqui e os principais pontos abordados durante o encontro você lê agora neste artigo.

O que é Transformação Digital?

A Transformação digital é um processo que se ‘‘aproveita’’ da tecnologia para que os procedimentos internos sejam mais dinâmicos, automatizados e digitalizados.

Em outras palavras, ela ocorre quando as empresas fazem uso de aparatos tecnológicos para melhorar o desempenho, aumentar o alcance e garantir melhores resultados.

Da mesma forma que os demais processos, a implementação da transformação digital precisa ser planejada e avaliada, para que possa ser aprimorada.

A transformação digital mexe com a estrutura organizacional e tem a tecnologia como meio estratégico para tal.

Por isso, sua efetivação é mais árdua do que parece e não devemos resumi-la na aplicação da tecnologia para a execução de atividades pontuais.

Carlos Baptista, diretor da A&B Consultoria, em entrevista à edição de outubro da Revista Locaweb, diferencia a digitalização da transformação digital da seguinte maneira:

‘‘Um processo pode ser digitalizado, mas não necessariamente transformado. Uma mudança para valer passa pelo impacto nas pessoas’’.

Inclusive, não podemos falar em transformação digital sem mencionar a evolução do mercado da informação e de que forma isso impactou na formação do perfil dos consumidores e na percepção de valor dos mesmos.

O próximo tópico trata disso.

A captação de clientes antes e depois do digital

A maneira como a sociedade se organiza em ‘‘rede’’ e troca informação, bem como interage entre si, têm mudado frequentemente ao longo da história.

A disseminação e a penetração de novas tecnologias digitais influenciaram diretamente neste cenário.

A imagem abaixo exemplifica como as redes de informações estão organizadas.

Organização das redes de informação

Partimos de um modelo centralizado, onde toda a informação passa por um só nó da rede. Todo controle e distribuição dela é concentrado na fonte emissora.

Os exemplos mais clássicos deste tipo de rede são os veículos de comunicação tradicionais como TV, rádio e jornal.

Nestes, a fala é direcionada para uma massa de ouvintes ou assinantes que não argumenta ou opina, também conhecida como receptores passivos.

Um importante salto é dado e chega-se até o modelo descentralizado. Agora, vários nós centralizam e distribuem a informação ao mesmo tempo.

Pense nos canais de TV por assinatura ou nas plataformas de cursos online com diferentes programações em tempo real.

Da mesma forma que você escolhe o que e por quanto tempo assistir, a sua atenção também pode ser dividida em diferentes telas, como acontece quando estamos vendo televisão e nas redes sociais no celular.

Chegamos na era da transformação digital e, portanto, da rede distribuída de informação.

Agora, todos os nós da rede recebem e disseminam conteúdo, culminando para que nenhum nó seja o centro, nem a rede possua um único dono.

Pegamos como exemplo o YouTube, o Instagram ou o TikTok, canais criados com o propósito de nos darem autonomia e nos transformarem em verdadeiros produtores de conteúdo.

De um reels ensinando como você pinta seu cabelo em casa ao um post pedindo curtidas para ganhar um sorteio, tudo vira conteúdo. Tudo tem poder de influência.

E o melhor (ou seria pior?) de tudo é que os recursos são tantos e tão didáticos que, em minutos, produzimos, publicamos e viralizamos.

Consequentemente, a quantidade de informações geradas no mundo cresce exponencialmente, enquanto que a nossa atenção fica cada vez mais dividida, para não dizer escassa.

E, se a atenção das pessoas é escassa, não podemos seguir nos velhos métodos de captação e retenção de clientes que aconteciam antes de todo este cenário.

Qual o papel da tecnologia para captar e reter clientes?

Surgem, então, importantes tecnologias para nos auxiliar na atração e retenção de uma base de clientes engajada.

Funil de Marketing e ferramentas para cada etapa da jornada do cliente.

Note que para cada etapa do Funil de Vendas há uma ferramenta diferente que vai de encontro com a maturidade do lead em relação ao seu negócio.

Enquanto que no início do funil (fases de captação e conversão do Visitante em Lead) o foco é oferecer materiais e recursos ricos em troca de dados, nas fases seguintes devemos nos preocupar em nutrir esses contatos com conteúdos de valor, contextualizando seu produto ou serviço em uma conversa.

Ou seja, a curiosidade deve ser transformada em desejo.

Um exemplo são as praças e locais públicos que oferecem internet gratuita.

O Wi-Fi seria o artefato de atração e as pessoas, agora conectadas, leads que navegam com estabilidade e segurança, depois da autenticação na rede.

Canais como SMS, e-mail e Calls são os responsáveis pela nutrição, enquanto que um CRM organiza oportunidades quentes e perdidas.

O trabalho para o cliente alcançar o sucesso não deve ser esporádico e deve estar atrelado a cultura da empresa, da mesma forma que a transformação digital.

A tecnologia, portanto, não é o fator decisivo para captar e reter clientes. Ela será apenas o meio para isso acontecer.

O importante é ter uma uma cultura de inovação em pleno funcionamento, onde o foco seja o sucesso dos clientes.

A sua solução precisa ser a força que os movem por esse caminho.